Por que nosso atendimento é diferente?

Você já deve ter ouvido falar sobre como nós atendemos nossos clientes de maneira diferente aqui na Pitzi. Abaixo, apresentamos os  principais motivos para termos um atendimento tão diferenciado no mercado.

 

 

 

 

Autonomia e confiança no time de atendimento

Diferente da burocracia com a qual estamos acostumados, nosso time de atendimento – carinhosamente chamado por nós de CX tem total  autonomia para a tomada de decisões além de ter acesso ao sistema interno. Sendo assim, todos são capazes de analisar os casos e tomar a melhor decisão para o time.

Não lidamos muito com burocracia e hierarquias, pois os gerentes da área confiam plenamente na capacidade de decisão que os membros do time tomam.

Nós aqui na Pitzi não seguimos um roteiro, nem hierarquia, pois consideramos que todos têm a capacidade e sensibilidade de conseguir seguir o melhor caminho tanto para o cliente, quanto para a empresa.

Desburocratização

Todos já passamos por um processo de atendimento burocrático e fixo, no qual precisamos passar do atendente para um superior para que algo fosse resolvido. Quem nunca passou nervoso durante uma ligação por conta disso?

A desburocratização, no nosso caso, vem naturalmente por conta da confiança depositada nos membro da equipe de atendimento

Pessoas atendendo pessoas

Sem roteiros pré-estruturados, sabemos que nossos superatendentes têm completa capacidade de analisar caso a caso e que são capazes de se colocarem no lugar do cliente e procurar a melhor solução.

Agimos tanto de forma analítica quanto emocional, afinal, somos pessoas falando com pessoas

Recebemos feedback constante de clientes

Seguimos uma relação de troca toda vez que respondemos um e-mail ou atendemos um telefonema, algo que não acontece em atendimentos que seguem um script pré-estruturado. Imagine a situação de um atendente que segue um roteiro e recebe qualquer feedback de um cliente; Ele não consegue reproduzir uma resposta verdadeira, pois essas trocas devem ser recebidas com a mente aberta às novas possibilidades, com entendimento humano, não artificial.

No nosso atendimento, como todo mundo tem autonomia, pessoas do nosso time acabam alimentando outras áreas com informações que melhoram a experiência do cliente. Cada contato apresenta uma opinião diferente, uma sugestão que pode ajudar a melhorar nosso serviço como um todo.


Parece bem simples, não é? É preciso ter em mente que, para que uma estrutura dessas funcione, é preciso que a filosofia do atendimento humano faça parte da missão da empresa, parte da cultura e das pessoas que trabalham na empresa. É preciso acreditar nos seus objetivos e, acima de tudo, acreditar no seu time e em seus clientes, confiando no fato de que eles são a chave para transformar seu produto ou serviço em algo melhor 🙂

Gostaríamos de agradecer aos experts da equipe de atendimento da Pitzi por nos ajudarem a produzir esta matéria. Vocês são demais <3