Quantas bactérias existem no smartphone?

Pesquisa mostra que smartphone pode ser 10 vezes mais sujo que um banheiro público

Não importa onde você esteja, é bem provável que seu smartphone não esteja muito longe. Na sua bolsa, bolso da calça, na sua mesa ou na sua mão. E este último é o principal culpado por transmitir sujeira para seu aparelho.

Segundo a pesquisa de 2016 do Deloitte sobre o consumo de aparelhos móveis, são mais de 17 mil bactérias acumuladas, algumas são encontradas até mesmo na nossa pele, e no trato respiratório.

Phillip Tierno, microbiologista e patologista da Universidade de Medicida de Nova York afirma que seu aparelho pode transmitir pequenos micróbios toda vez que tocá-lo. Parte desses pequenos vilões podem ser encontrados nas barras de segurança do metrô, maçanetas de banheiros ou até mesmo na sua esponja de lavar louça. Segundo estudo divulgado por cientistas no Arizona, EUA, a maioria dos aparelhos tem 10 vezes mais bactérias do que assentos de banheiros. Levando em conta que o brasileiro checa o smartphone 78 vezes por dia, um smartphone bem sujinho no fim do dia não é surpresa.

Estar exposto a todos os tipos de bactérias, vírus e micróbios não é novidade; o fato de não tocarmos em superfícies estéreis o tempo todo, já indica que deve sim haver algo ali . Apesar da maioria dos agentes serem não patogênicos, ou seja, não serem capazes de nos fazer ficar doentes, alguns dos encontrados em smartphones ainda podem prejudicar a sua saúde como o E. Coli, Staphylococcus aureus e Streptococcus.

Há duas maneiras de evitar a contaminação por esses agentes. Uma é limpar seu smartphone no fim do dia (um pano de microfriba com uma mistura de água e álcool, cerca de 60% e 40% de cada um respectivamente, pode ajudar). A segunda é evitar ao máximo, ou não levar mais seu celular ao banheiro.

Então, nada de ficar no joguinho enquanto está sentado no trono!

4 dicas para celulares quebrados

dicas para você que quebrou o celular e ainda não tem como mandá-lo para consertar

A gente sabe que imprevistos acontecem o tempo todo com os nossos comparsas. É quase inevitável que aconteça já que eles estão com a gente na maior parte do tempo. Como um clube de proteção, nós fazemos de tudo para devolver seu comparsa no menor tempo possível, mas se você ainda não tem a nossa proteção e está com o celular quebrado, aqui vão algumas dicas para continuar usando-o até que ele possa ser consertado.

1. Capinhas bumpers ou Capinhas laterais

É meio estranho comprar uma capinha já com seu celular quebrado certo? Sabemos que sim, mas se seu celular é feito completamente de vidro e já está quebrado, deixá-lo sem uma capinha pode aumentar ainda mais os danos. Os bumpers protegem as laterais do aparelho, que são feitas de metal e não tem uma boa absolvição de impacto. Se seu aparelho já está quebrado, é uma boa ideia proteger as partes mais frágeis do aparelho

2. Adesivo na tela quebrada

Muitas vezes, quando a tela do seu smartphone quebra, o vidro acaba liberando pedaços de vidro bem pequenos, que podem acabar machucando seus dedos (se o touch ainda estiver funcionando). Uma dica paliativa super útil é colar fita adesiva transparente na parte danificada. Como o material é fino, o celular ainda vai identificar o toque, mas não vai mais machucar seus dedos =)

3. Fita adesiva na lente quebrada

Se seu celular caiu de cara do chão e rachou o vidro que cobre a câmera frontal, você também pode usar a fita adesiva transparente para minimizar o efeito riscado da foto.

sem fita vs. com fita

 

 

 

 

 

 

 

 

4. aspirador na entrada do carregador

Seu celular não está carregando? Se você já trocou a fonte, e também testou outra tomada, é provável que o problema esteja na entrada do carregador do seu aparelho. Mas antes de tomar medidas drásticas, você pode tentar algo bem simples como aspirar a entrada do carregador do seu aparelho. Pode parecer besteira, mas às vezes, as partículas de poeira podem acumular-se ali e acabam dando o famoso “mau contato” e não carregando seu celular.

Ainda assim, lembramos que se seu aparelho quebrou, o correto é mandá-lo para o conserto o mais rápido possível, pois outros componentes além da tela podem ter sido danificados, e um técnico é a melhor pessoa para descobrir o que há de errado com o aparelho.

Caso já tenha nossa proteção, você já pode ficar tranquilo. Caiu, quebrou, molhou? A Pitzi te salva 😉 

Como você se sente quando quebra o celular?

Um post dedicado aos sentimentos de quem quebra o celular (e não tem pitzi)

Dá aquele aperto no coração quando seu celular para de funcionar ou quando ele cai no chão e você não sabe o que fazer, não é? Aí embaixo estão algumas reações que você COM CERTEZA já teve quando seu comparsa quebrou/parou de funcionar :/

1. Seu comparsa desligou sozinho e não foi porque acabou a bateria

Como já dizia Vanessa da Mata “É só isso. Não tem mais jeito. Acabou, boa sorte. Não tenho o que dizer. São só palavras. E o que eu sinto. Não mudará.”

2. Você acabou de comprar seu celular e ele cai no chão

Não dá nem pra descrever a aflição desta imagem. Dá vontade de colocar a mão embaixo pra segurar o iPhone. Aí quando você lembra que essa pessoa que deixou cair foi a primeiríssima pessoa do mundo a comprar o, na época, novo iPhone 6…

3. Seu celular quebrou e você não tem Pitzi

Agora é ver a extensão dos estragos e esperar que não seja tão caro quanto você pensa para consertar

4. Você se irrita com seu celular que não quer funcionar

Você já tentou de tudo. Mudou o cabo do carregador, mudou a fonte, mudou de tomada, e nada do seu celular funcionar.

5. O touch screen não está funcionando

E quando seu celular de repente resolve dar um outro significado à “tela responsiva ao toque”

6. Você ouve o orçamento da assistência técnica

Eis que você comprova que é realmente mais caro do que você pensava para consertar o celular quando você recebe o retorno sobre o orçamento.

7. O amigo desastrado esbarra na sua mão enquanto você segura seu comparsa

Você ama, seu amigo, de verdade. Mas parece que ele mirou no seu celular

8. Quando qualquer uma dessas coisas acontece, e você lembra que tem Pitzi

 

Como fazer capinha antiestresse

Você se lembra daqueles bonequinhos feitos de farinha de trigo e balões? O brinquedo era

super popular nos anos 90, e a ideia era simplesmente ficar apertando o bonequinho até se

cansar, mas a gente sabe que muito adulto acabava brincando com o bichinho, pois o movimento contínuo acabava ajudando a desestressar.

Nós resolvemos adaptar essa ideia e trazê-la para junto de algo muito presente no nosso dia-a-dia e bem mais discreto do que um bonequinho com olhos: seu celular.

MAS Como?

Todo mundo tem aquela capinha usada que já está velhinha ou não serve mais no seu celular atual, certo? Então, a ideia é reaproveitar esse acessório que você não usa mais para extravasar todo seu estresse.

Você vai precisar de:

  • Balões (de boa qualidade)
  • Farinha de trigo
  • Uma garrafa pet vazia
  • Cola de silicone
  • Capinha de celular

Abaixo, você verá o passo a passo para fazer sua capinha anti-estresse:

 

Samsung pede que usuários de iPhone “amadureçam”

Na mesma semana em que a Apple lançou o tão esperado iPhone X, uma das suas principais concorrentes no mercado levou ao ar um comercial um tanto quanto polêmico, o qual fala diretamente com os usuários dos smartphones da Apple.

O comercial criado pela Wieden + Kennedy foi nomeado “Crescendo”, e mostra diversas situações em que o usuário de um iPhone passa por dificuldades com seu aparelho ou se sente “atrasado” em relação aos amigos.

Um dos pontos tocados no comercial, é a necessidade de um adaptador se o usuário quiser ouvir música e carregar o celular ao mesmo tempo, já que a versão mais atual do iPhone tem apenas uma entrada, o que torna impossível fazer as duas coisas ao mesmo tempo sem o uso do tal adaptador.

Não se sabe se o comercial será veiculado aqui no Brasil, mas se quiser dar uma olhada, basta assistir ao vídeo abaixo:

9 dores que todo mundo que tem smartphone conhece

1. quando colocar o celular para carregar…e esquece de ligar na tomada

às vezes você esquece de coisas muito simples nessa vida

2. quando você vê aquele arranhão no botão de início

você jura que não foi você, e que o arranhão apareceu do nada

3. quando você coloca a película de vidro com todo o cuidado…mas ela não cola nas laterais

você seguiu todos os passos, mas seu celular se recusa a ser protegido por uma simples película de vidro

4. quando você jura que seu bolso é um lugar seguro para seu comparsa

mas a gente sabe que nem sempre é assim

5. quando você está mexendo no celular deitado e de repente PAFT!
ele cai na sua cara

Todo mundo se sente traído quando isso acontece

6. quando você compra aquela capinha que achou demais
mas no fim, percebe que ela não combina com você

mas você gastou uma boa grana e precisa usá-la agora.

7. quando seu celular cai no chão, você vê que a tela não quebrou, mas quando olha a traseira

Dá aquela dor no coração

8. ou quando ele cai no chão e realmente quebra a tela da frente…

E você já começa a pensar como vai fazer pra continuar usando sem cortar os dedos

9. quando você esquece de tirar o celular do bolso da calça quando vai ao banheiro

Era tão jovem, e sofreu por causa da sua cabeça esquecida

 

Em todo caso, é melhor ter seu celular protegido 😉

Como resetar seu celular Android

Seu aparelho está apresentando lentidão e erros ao abrir aplicativos?

Os sistemas operacionais recebem atualizações constantes, tanto para melhora de performance, quando para conserto de bugs, porém, em alguns momentos essas atualizações podem acabar corrompendo o aparelho.

Se você estiver enfrentando lentidão  e erros ao abrir ou navegar por aplicativos, pode estar na hora de fazer um Hard Reset no seu aparelho. Mas afinal o que é o hard reset e como fazê-lo?

Hard reset também é conhecido como restauração de fábrica. Quando você faz isso, basicamente está limpando dados desnecessários que ocupam a memória do aparelho  e causam lentidão. O sistema operacional voltará a ser exatamente o que era quando você o comprou na loja!

Então, se for preciso resetar, é preciso fazer o backup, ou você perderá todos os dados do celular.

Vá em Configurações. Qualquer coisa que diz respeito ao sistema operacional ou memória do celular estará sempre em configurações. Então sempre procure pela engrenagem no menu principal. Depois entre em Gerenciamento geral.

Clique em Fazer Backup e Restaurar. É importante fazer seu backup primeiro, ou você perderá os dados do celular. Clicando em Fazer backup de meus dados, você poderá escolher quais informações quer salvar antes, bem como ativar a opção de backup automático.

Depois clique em Restaurar Dados. O processo pode demorar alguns minutos, mas assim que terminar, basta clicar em Restaurar Agora. Depois, é só esperar a restauração completa e seu celular estará novo em folha.

Porém se o problema persistir, aconselhamos que leve seu aparelho à uma assistência técnica autorizada ou, caso você tenha nossa proteção, basta abrir um pedido de serviço 😉

 

 

Tela quebrada causa impressão negativa em encontros

Se você for daqueles desastrados que costuma deixar seu celular cair, e anda por aí com a tela do seu comparsa quebrada, essa notícia é para você:

não descuide da tela do seu celular – seu date vai reparar

Uma pesquisa feita dos Estados Unidos pelo site Singles in America, entrevistou mais de 5.500 solteiros e afirma que tela quebrada pode deixar uma má impressão por parte das gerações X e boomers.

Agora uma informação especial para os homens: em um encontro, se você tirar o celular do bolso e o aparelho estiver destruído, cerca de 86% das mulheres te darão pontos negativos. Um celular quebrado dá impressão de desleixo e descuido.

 

iPhone x android até na hora de namorar

O estudo ainda mostra que, quando a questão é julgar negativamente, os usuários de iPhone são 21 vezes mais propensos a julgar negativamente uma pessoa que usa Android. Para os usuários de Android com os amantes da maçãzinha, esse número é um pouco menor: 15 vezes.

Mas apesar da pesquisa, nós sabemos que o importante é amar <3. Não importa se é iPhone ou Android.

Ah! Se você é desastrado e não quer correr o risco de ficar com tela quebrada durante um encontro e acabar cortando o romance, basta clicar aqui e proteger seu celular <3

Crescente uso do celular aumenta demanda por planos de proteção até o final do ano

Em outubro de 2010 o Ministério Público Federal estabeleceu que o telefone celular é essencial para o dia a dia devido aos elevados níveis de uso que tais aparelhos atingiram na atualidade . No Brasil, já são 252 milhões de dispositivos móveis, de acordo com a Anatel.

Com o aumento do uso de smartphones, os brasileiros também acessam cada vez mais a internet. Dados da Nielsen IBOPE informam que o momento em que o brasileiro mais usa a internet no aparelho é enquanto está à espera e também antes de dormir. Entre os aplicativos mais utilizados, as redes sociais ocupam os dois primeiros lugares, seguidos por vídeos online, serviços bancários e mapas.

O celular tem um papel cada vez mais importante no dia a dia do brasileiro. Segundo a Opus Software, 26% dos donos de smartphones pedem comida através de aplicativos, 20% os utilizam para chamar táxis ou para comprar ingressos para eventos, 46% dos internautas brasileiros realizam pagamentos através de seu smartphone e 73% dos brasileiros não saem de casa sem seus aparelhos.

Os dispositivos tornaram-se companheiros dos usuários e, como tais, estão mais vulneráveis a sofrer acidentes. É o que afirma Daniel Hatkoff, fundador da Pitzi, empresa que protege smartphones contra acidentes e defeitos. “O celular é um aparelho de uso diário com o qual se tem uma relação intensa, isso faz com que ele esteja muito mais sujeito a acidentes típicos do cotidiano, como tombos.” Em 2016, 4 milhões de celulares já estavam assegurados no Brasil, de acordo com a Fenacor.

Daniel Hatkoff – CEO e Fundador da Pitzi

Patrícia Alvares, analista de marketing,  comprou um smartphone topo de linha e não hesitou em adquirir o seguro junto ao aparelho. “Tenho seguro antiqueda e antifurto, porque meu celular é caro e comprei parcelado. Então se meu celular for roubado ou quebrar, ainda estarei pagando por longos meses e não vou ter dinheiro para parcelar outro ao mesmo tempo.”

A alta do dólar também desempenha um papel importante na preferência do consumidor de proteger seu smartphone a trocá-lo por um novo. Os aparelhos têm se tornado mais caros e fazem com que o custo do conserto aumente.

Aparelhos cada vez mais onerosos utilizados com crescente intensidade devem estimular o aquecimento do mercado de proteções e seguros de celular até o final do ano. Além de oferecer uma solução mais relevante às necessidades do consumidor atual, a participação desses itens no faturamento do comércio de celulares é crescente.

O Nokia ‘Indestrutível’ Está de Volta

No dia 26, domingo, a Nokia surpreendeu o mundo ao anunciar no Mobile World Congress, na Espanha, Barcelona –  a volta do celular tijolão, também conhecido como o ‘indestrutível’ 3310

O aparelho, inicialmente lançado nos anos 2000  marcou a vida dos usuários mobile por duas características: resistência alta contra acidentes e bateria que durava muito, até mesmo para o padrão dos celulares da época.

Aparência do Nokia 3310

Segundo informações oficiais do site da Nokia o novo modelo virá em quatro coresvermelho, amarelo, cinza e preto.

Em sua forma, se parece muito com seu antecessor, mas desta vez vem com as bordas mais arredondadas, dando um ar um pouco mais clássico e que se encaixa melhor na mão do usuário.

COMPONENTES

  • A tela de 2.4” com resolução QVGA é colorida apresenta curvas e, segundo informações oficiais, apresenta melhor leitura à luz direta do sol.
  • Câmera – que não existia no 3310 lançado em 200 – que possui 2 megapixels.
  • Entrada para cartão SD e porta Micro USB
  • Bateria com duração de até um mês em stand by (equivalente a uma semana de uso noral)

Atração principal

A gente sabe que era essa a informação que você realmente estava esperando: Sim! Tem o jogo da cobrinha em sua versão atualizada com cores vivas!

O aparelho vem com um navegar integrado, mas não tem wi-fi nem 3G. Apenas 2,5G. Ou seja, é um aparelho para fazer e receber ligações e mandar mensagens de texto

Preço

Começará a ser vendido nesse semestre na Europa por 50 euros, o que equivale a mais ou menos R$160,00.

Assista ao vídeo de apresentação do aparelho: