5 coisas fantásticas que seu smartphone pode fazer

A gente sabe que atualmente é muito difícil viver longe do nosso smartphone. Os aparelhos são usados para praticamente tudo e é bem possível que, para qualquer problema que você encontrar, também exista a solução em um aplicativo.

Hoje separamos 6 coisas interessantes que você pode fazer com seu smartphone:

Tirar medida de um cômodo 

Disponível para IOS, o RoomScan pode medir o tamanho de um cômodo com extrema facilidade: basta o usuário encostar o aparelho na parede e esperar que ele calcule. Você pode exportar a planta da sua casa para PDF, DXF, AutoCAD ou SketchUp. O aplicativo está disponível em duas versões: a gratuita ( com possibilidades limitadas) e a paga.

Traduzir textos em outra língua com sua câmera

Se você não consegue falar pelo menos o básico da língua nativa para o país aonde vai, a vida pode ficar bem mais difícil. O app Word Lens, lançado em 2013, migrou para o Google Translator e consegue ler qualquer placa e sinal em outra língua; basta o usuário usar a câmera do dispositivo apontada para o que quer traduzir

Transformar sua caneca em um alto falante

f

Na falta de caixas de som, você pode colocar seu smartphone dentro da caneca com a saída de som para baixo. O espaço pequeno irá potencializar o som do que você estiver ouvindo.

Dica expert: jogue fora qualquer tipo de líquido que estiver dentro da caneca, primeiro. Você não quer afogar seu celular.

Ajudar pessoas cegas

O aplicativo para IOS e Android “Be My Eyes” conecta pessoas com deficiência visual a pessoas que querem ajudá-las. O app foi criado por um dinamarquês em Copenhague e usa como o Facetime como principal ferramenta para auxiliar deficientes visuais; ao abrir o aplicativo, o deficiente visual só precisa dar dois toques na tela para fazer uma chamada. É aí que entra o voluntário disposto a ajudar; aquele que estiver disponível no momento e que falar a mesma língua que o usuário deficiente, atende e passa a ver através da câmera do outro aparelho, literalmente emprestando seus olhos para outra pessoa por um tempo. Através de conversas rápidas e ações objetivas, o voluntário pode oferecer uma enorme ajuda para quem está do outro lado da ligação.